Como organizar uma cozinha - Organizar Transforma

Como organizar uma cozinha e ainda ter tempo de sobra

Quando o assunto é organização, a cozinha talvez represente o espaço mais desafiador da casa. Por isso, saber como organizar uma cozinha de maneira adequada é tão importante e transformador, afinal, ali são desempenhadas inúmeras atividades. Justamente por este motivo, há muitos detalhes e variáveis a considerar.

Em termos gerais, a cozinha abrange diversos utensílios, eletrodomésticos, itens de geladeira e itens de despensa. Então, antes de tudo, é preciso entender a dinâmica da família ou dos moradores para definir uma organização específica para o cômodo.

Evitar o gasto desnecessário de tempo e de dinheiro é outra vantagem de saber como organizar uma cozinha. Estima-se que 1,3 bilhão de toneladas de alimentos sejam perdidos ou desperdiçados em todo o mundo anualmente.

Assim, vale definir qual será “o endereço” de cada item, bem como a melhor forma de armazenamento (especialmente dos alimentos). Esse passo garante muitos benefícios à sua rotina, já que é a disposição adequada de todos os elementos que vai garantir mais agilidade no dia a dia.

Por isso, te convido a vir conhecer algumas dicas que vão te ajudar a alcançar a melhor de como organizar uma cozinha e deixá-la mais intuitiva, funcional e prática!

A força do hábito influencia em como organizar uma cozinha?

Já parou para pensar em quantas vezes você comprou determinado item e não utilizou? Sabe o motivo que leva isso a acontecer? Ou você não precisava e, mesmo assim, levou para casa, ou você já tinha e comprou algo repetido.

Para evitar o gasto desnecessário, vale pensar estrategicamente. E a melhor maneira de desenvolver essa estratégia é o autoconhecimento. É ele que vai permitir que você analise seus hábitos (e, dessa forma, entenda o que você usa, quando usa e como usa) e acerte na disposição dos itens de forma a visualizá-los com facilidade.

A visualização é muito importante para que você tenha uma espécie de “inventário” do que tem em casa. E não apenas no quesito alimentos, mas também de eletrodomésticos, utensílios, materiais.

Conhecer cada item que você tem e listar o que você precisa adquirir vai permitir que você priorize suas compras. Este passo vai evitar que você leve para casa artigos repetidos ou que sejam inúteis para o seu momento atual.

Além disso, a organização permite que você use tudo o que tem, sem que se esqueça de algum elemento ou tenha dificuldade de encontrá-lo. Com isso em mente, vamos conhecer os 6 passos de como organizar uma cozinha a seguir!

1. Perca o medo de desapegar

Antes de começar sua organização, é fundamental que você saiba exatamente o que vai manter. E isso só é possível por meio de uma visualização minuciosa. É importante fazer a triagem e a análise do que você já tem.

Então, pense na quantidade de pessoas da casa e se você tem a necessidade de guardar tudo o que tem em sua cozinha.

Por isso, reúna todos os utensílios (pratos, copos, taças, panelas, talheres, potes, etc) e faça a triagem. Desapegar do que você não quer mais, do que você não usa há algum tempo ou ainda daquilo que você tem em dobro vai liberar espaço na sua cozinha e na sua vida!

Então, descarte o que estiver muito antigo e/ou em péssimo estado e doe o que você tiver em duplicidade ou sem uso. Certamente, esses itens que você irá doar farão a diferença na vida e no dia a dia de alguém.

2. Organize com base nos hábitos e frequência de uso

Com mais espaço na cozinha, por conta do descarte e desapego, fica mais fácil partir para a estratégia de organização.

Dessa forma, você precisará definir quais são os itens que usa com mais frequência. Tais elementos deverão ocupar posição de destaque em sua cozinha. Portanto, deixe-os sempre à mão, para que você possa preparar os alimentos e fazer a limpeza com mais agilidade, comodidade e praticidade.

Por outro lado, você poderá deixar materiais de uso menos frequentes, como panela de fondue, conjuntos de chá e baixelas, em locais menos acessíveis.

Vale a pena, também, deixar temperos (saleiro, vidrinhos contendo pimenta, orégano e outros) expostos em prateleiras ou pequenos armários que estejam perto do fogão. As panelas também podem ser dispostas em gavetões próximos.

Essa simples mudança vai agilizar sua vida ao preparar os alimentos, além de permitir que você alcance cada utensílio ou ingrediente com mais facilidade.

3. Use os espaços estrategicamente

Mesmo quem conta com um espaço reduzido na cozinha pode apostar em formas mais práticas de armazenar os itens, a fim de deixar o dia a dia menos exaustivo.

Para isso, além de organizar, é importante que você possa usar todos os espaços disponíveis na sua cozinha. E ressalto que isso é bem diferente de lotar os armários ou o espaço embaixo da pia!

Em vez de cair nessa armadilha, escolha usar cestos organizadores, empilhadeiras de madeira, acrílico ou aço (a fim de aproveitar os espaços mais altos sem ter que fazer muito esforço) e até as portas dos armários. Lá você poderá guardar tampas e pequenos utensílios, por exemplo.

4. Capriche na organização da despensa

A organização da despensa merece uma análise mais minuciosa, afinal, são diversos detalhes que podem tornar sua vida mais prática. E vale ressaltar que a despensa é um local onde acontece muito desperdício.

Por isso, compre com consciência e faça a gestão do que você tem para evitar gastos desnecessários. Se possível, crie um cardápio para sua casa, isso ajuda muito na gestão dos alimentos!

Então, o primeiro passo é verificar a validade dos produtos. Depois, separe os alimentos que ainda não foram abertos daqueles que estejam em uso e evite armazenar produtos perecíveis embaixo da pia. Aquele é um local muito úmido e pode comprometer seus alimentos.

Aproveite a praticidade que a utilização de cestos e aramados oferece para ter mais espaço disponível para organização. Dessa forma, ficará mais fácil encontrar e retirar os alimentos, especialmente se seus armários forem mais compactos.

5. Conheça algumas dicas de organização da geladeira e dos armários

Assim como a organização da despensa, a organização da geladeira e dos armários também merece um tratamento especial. Mas, em termos gerais, comece pelas gavetas dos armários: aposte em guardar nelas os talheres e utensílios de servir. Se elas não tiverem divisórias, vale a pena apostar nesses itens, que poderão oferecer mais praticidade.

Além disso, é importante ter em mente que vale organizar por tipo, não material. Dessa forma, não importa se são de vidro, de cerâmica ou de plástico: armazene sempre os copos juntos, as jarras juntas e os pratos juntos. Isso vai facilitar na hora de encontrar um determinado item.

Já na hora de organizar a geladeira, aproveite para separar itens que estragam com mais facilidade daqueles mais frágeis, que não aguentam temperaturas mais baixas.

Portanto, queijos, iogurtes, ovos, etc. devem ficar nas partes mais frias da geladeira, enquanto folhas, legumes e frutas podem ser armazenados nas partes menos frias.

Agora que você conhece algumas dicas de como organizar uma cozinha, vem aprender ainda mais sobre como deixar sua casa mais simples e funcional!

Aproveite para conhecer o meu curso Organização Mágica e aprenda na prática e no detalhe como transformar sua cozinha de uma vez por todas!