Como organizar o quarto - Organizar Transforma

Como organizar o quarto

Quem não ama entrar no quarto e ver cada item em seu lugar? Roupas devidamente dobradas e guardadas, prateleiras ordenadas… Mas nem sempre essa é a realidade, não é? Por isso, hoje, você confere como organizar o quarto de uma forma fácil e prática.

Antes de tudo, é preciso ter uma espécie de “checklist”. É isso que vai te ajudar a ter o quarto sempre organizado por meio de um processo mais inteligente e com resultados duradouros. Depois, é preciso saber que você não vai organizar tudo no mesmo dia, afinal, a pressa é realmente inimiga da perfeição.

Então, agora, você vai conferir dicas e segredos de personal organizer de como organizar o quarto de forma eficiente, rápida e, claro, definitiva.

Vem comigo aprender mais!

Por que aprender como organizar o quarto?

Ninguém está potencialmente livre da bagunça. Um dia em que se chega cansado da rua e não se dobre as roupas ou lave e guarde apropriadamente a louça na cozinha, já pode ser o início do foco da desorganização. Então, a bagunça faz parte da rotina e tudo bem.

Mas ela pode acumular e há momentos em que ela começa a incomodar. E, geralmente, não se trata de um local específico, mas de todo um sistema de organização que dá sinais de que não está funcionando.

Por isso, mudar os hábitos de organização é atitude fundamental ao reaprender como organizar o quarto, e a casa também. Isso vai garantir o bom funcionamento do lar, com benefícios até mesmo para a saúde mental. Isso porque o convívio frequente em espaços com excesso de desorganização pode indicar ou mesmo desencadear problemas como ansiedade e depressão.

Por outro lado, estudos da área de psicologia ambiental comprovam a relação entre um ambiente organizado (que pode ser sua casa ou trabalho) e mais autoestima e qualidade de vida. Isso porque uma casa em ordem é reflexo de emoções equilibradas e disposição, além de ser capaz de proporcionar mais otimismo e produtividade.

Além disso, viver em um espaço em ordem faz você economizar mais tempo, já que não vai perder minutos ou até horas do seu dia procurando seus pertences. E muito mais do que economia de tempo, você terá também menos gastos, afinal, você não comprará itens repetidos porque perdeu de vez ou porque não os encontra.

Entretanto, para organizar com estratégia, é preciso, primeiramente, conhecer o passo a passo. E é por isso que te convido a continuar a leitura. Vou te explicar como organizar o quarto de casal, das crianças e muito mais, para você conquistar muito mais rendimento e harmonia dentro de sua casa!

Como organizar o quarto do casal

Viver a dois nem sempre é fácil. São duas pessoas com estilos de vida diferentes, hábitos que podem ser bastante diversos e histórias de vida que nem sempre são semelhantes.

Por isso, dividir um espaço como o quarto pode ser um verdadeiro desafio. E se uma das partes do casal é organizada e a outra nem tanto, a rotina pode ser ainda mais árdua. Mas a boa notícia é que tudo é uma questão de adaptação.

Assim, com alguns truques, é possível saber como organizar o quarto do casal na medida certa e viver sempre em harmonia a dois!

1. Envolva a pessoa com quem divide o quarto no processo

Para que a organização seja duradoura, todas as partes devem ser envolvidas no processo. Assim, vale conversar com quem você divide o quarto. Busque apresentar seus deveres para manter tudo em ordem, bem como o que precisa ser evitado para não acabar com a organização.

Também vale ressaltar que cada parte deve ser responsável por suas roupas, livros e outros pertences. Afinal, você não pode interferir no processo de desapego de ninguém. Então, na hora de pôr em prática as dicas de como organizar o quarto, jamais descarte objetos de alguém, principalmente sem que a pessoa saiba. Além de ser importante que ela identifique a necessidade de organizar, você pode se indispor. Evite mudar de lugar ou jogar no lixo algum item que ela goste e ainda use.

2. Selecione as etapas da organização

Pode parecer simples organizar por cômodo, mas, na verdade, essa é uma armadilha daquelas!

Você começa a mexer em tudo de uma vez, as roupas, os livros, as roupas de cama, os outros pertences… E quando vê a dimensão da bagunça, leva um susto! E é aí que você desiste e guarda tudo como dá!

Assim, para evitar esse tipo de situação que atrapalha muito mais do que ajuda, vale saber como organizar o quarto e os objetos por categorias. Sim! Tire um dia para organizar as roupas. Nesse momento, aproveite para olhar com cuidado suas peças: triar, descartar, dobrar, melhorar o armazenamento. Tudo com calma e no seu tempo.

Leita também: Como dobrar camiseta

Então, é só colocar na agenda as outras etapas e ir seguindo. A forma como você vai organizar será muito mais efetiva e duradoura, mesmo que talvez leve mais tempo. Mas também nada de neuras em ter pressa, hein! A organização feita da forma correta pode ser mais lenta, mas será muito mais duradoura, então, curta o processo.

3. Cuidado com espaços como embaixo da cama e sobre o guarda-roupas

Já falamos sobre a importância de como organizar guarda-roupa adequadamente. E uma das principais dicas para não comprometer sua tarefa de pôr tudo em ordem é definir o que será guardado e onde.

Todos sabemos como é tentador usar os espaços em cima do guarda-roupas para colocar caixas com itens misturados. Especialmente, baús com aqueles itens dos quais não conseguimos desapegar, mas não queremos jogar fora, não é?

Mas saiba que isso é muito prejudicial à sua organização. É preciso praticar o desapego e confrontar esses itens. Por isso, nada de simplesmente deixar aquela caixa em cima do guarda-roupa ou embaixo da cama!

Lembre-se de deixar para organizar os itens sentimentais somente no final, já que essa categoria é mais desafiadora na hora de tomar decisões. Portanto, querer resolvê-la durante a execução, poderá tomar seu tempo e travar todo o seu processo.

4. Alinhem as expectativas

Na etapa de como organizar o quarto de casal, não poderíamos deixar de falar sobre a importância de alinhar as expectativas.

Isso significa que o casal precisa definir coisas como o lado que mais gosta do armário e quando devem trocar as roupas de cama. Além disso, tópicos como o que devem e não devem comprar a fim de evitar o acúmulo de objetos e como deverão organizar os livros e outros pertences pessoais podem ser abordados também.

Com esse diálogo aparentemente simples, diversos mal-entendidos poderão ser evitados. Por isso, não tenha medo de conversar sobre esses hábitos e sobre a organização do quarto de casal.

Dicas de como organizar o quarto das crianças

Se você tem filhos ou vive com crianças (sobrinhos, primos, etc) sabe como o quarto deles pode ser desorganizado. A frase “vai arrumar seu quarto!” está na lista das mais utilizadas por pais e mães em todo o planeta. Não tem jeito!

Por isso, o truque é tentar entender a organização sob a ótica dos pequenos. Por exemplo, o mobiliário dos adultos não traduz as necessidades das crianças apropriadamente. Eles podem ser altos demais e até difíceis ou perigosos para uma criança manejar.

Então, para saber como organizar o quarto de forma que faça sentido para os pequenos e sem enlouquecer os pais, vale conhecer truques.

1. Invista em manter os brinquedos organizados

Os itens presentes em maior quantidade nos quartos das crianças são as roupas e brinquedos. Mas estes últimos demandam mais atenção. Tenha em mente que, quando estão crescendo, as crianças gostam de explorar e combinar possibilidades.

Por este motivo, elas têm a tendência de espalhar os brinquedos, o que pode ser um problema na hora de guardá-los de volta.

Com isso, é muito melhor que você torne tudo o mais funcional e seguro possível. Caixas e organizadores apoiados no chão e em locais de fácil acesso vão permitir que os pequenos possam pegar para brincar e guardar com mais facilidade.

Ou seja, pense em como organizar o quarto de forma prática para o dia a dia da(s) própria(s) criança(s). Então, garanta que as coisas estejam à disposição deles, ajude-os se necessário e seja o exemplo de como manter a organização.

2. Envolva as crianças no processo

Um dos principais equívocos dos adultos é centralizar o processo de organização, especialmente por conta da agilidade. Mas é importante que a criança seja envolvida no processo de deixar seu quarto e seus pertences em ordem desde cedo. É preciso que ela saiba que a organização é um processo fundamental da rotina.

Assim, tire um tempo para explicar a importância de guardar os brinquedos e de seguir suas orientações. Invista em fazê-los entender que são responsáveis pelos seus itens e se não cuidarem poderão quebrá-los ou perdê-los.

Quando envolvidas no processo, as crianças tendem a focar na lógica do que aprenderam. Além disso, elas vão se sentir mais autônomas e poderão prezar pela manutenção do espaço.

E não é só isso. Também vale envolver as crianças no processo de desapego daquilo que ela não brinca mais. E, claro, vale ressaltar que você precisará ser consciente na hora de adquirir os itens para a sua casa.

Por isso, evite levar para dentro de casa brinquedos que seus filhos já tenham. Isso é sempre uma ótima atitude para manter tudo na medida certa.

Dessa forma, encare todo o processo de como organizar o quarto como uma lição para eles. Essa é a oportunidade de você se tornar uma espécie de consultor de organização para a criança.

Com esse papel de guia, você poderá entender o que não está funcionando. Investigue quais são as necessidades, hábitos e dificuldades que eles enfrentam na hora de saber como organizar o quarto.

Assim, ao identificar o problema você terá a chave para que possa propor as soluções mais assertivas.

3. Praticidade é a palavra de ordem

O quarto das crianças pode ser um espaço pequeno e muitas vezes compartilhados entre irmãos. Ainda há o agravante das idades, que podem variar bastante.

Inegavelmente, uma criança de quatro anos não tem o mesmo senso de responsabilidade que uma de oito, por exemplo. Então, pense que, para eles, também é um desafio entender o processo e manter tudo em ordem.

Por isso, pense em formas de simplificar. Livros infantis, por exemplo, podem ser armazenados em caixas, ou em prateleiras baixas. Os brinquedos pequenos, que podem conter peças ainda menores, precisam de locais igualmente pequenos para que não se percam entre os maiores.

Essas dicas de como organizar o quarto das crianças vão ajudar os pequenos a saber onde está cada item. Além disso, também vai te ajudar a ter uma ideia do acervo de brinquedos que as crianças têm. E, consequentemente, poderá avaliar e ajudá-los a reconhecer o que não precisam mais.

Quartos pequenos: dicas extras

Outro ponto que gera muitas dúvidas ao discutirmos como organizar o quarto apropriadamente tem a ver com espaços reduzidos. Os apartamentos estão cada vez menores, especialmente em regiões centrais das grandes cidades.

Especialmente antes da pandemia, as pessoas passavam muito tempo fora de casa. Isso tornava os apartamentos a serem apenas locais em que elas dormiam.

Mas com a pandemia, muita coisa mudou e com mais tempo em casa, muitas pessoas perceberam o que poderia ser melhorado. Muita gente identificou que este desconforto tinha a ver com a equação tamanho do espaço x quantidade de pertences.

Entretanto, a boa notícia é que é possível ter uma vida mais leve e confortável mesmo em ambientes reduzidos. E as dicas que eu te ofereço a seguir abordam um pouco mais sobre como organizar o quarto pequeno. Vem comigo!

1. Otimize os espaços disponíveis

Apartamentos reduzidos são ideais para quem vive sozinho ou para casais sem filhos. Geralmente com um quarto, eles são perfeitos para quem precisa morar perto do trabalho ou quem passa muito tempo fora de casa.

Mesmo assim, sem sentir, muita gente acaba acumulando mais do que o espaço suporta. E isso costuma gerar uma sensação de sufocamento, afinal, o espaço não comporta o número de pertences.

Dessa forma, o primeiro passo para aprender como organizar o quarto é desapegar. Depois, é só organizar de maneira que garanta o melhor armazenamento dos espaços.

Então, a primeira dica é: pense como uma pessoa minimalista. Você não precisa ter o mínimo, mas precisa identificar o que é essencial! Quanto menor for seu espaço, mais assertivo você precisará ser! E não subestime o poder do desapego ao saber como organizar o quarto pequeno. Assim, vale analisar o que está guardado há muito tempo e sem uso.

Além disso, itens antigos demais, rasgados e em péssimo estado de conservação devem ser descartados (sempre de forma consciente). Depois de seguir esse passo, você pode se surpreender com a leveza em seu ambiente!

2. Um lugar para relaxar

Se você ainda está montando sua casa ou apartamento pequeno, essa dica de como organizar o quarto é super pertinente. Tenha em mente que aquele é um ambiente para relaxar.

Dessa forma, nada de incluir muitos móveis e detalhes que possam dificultar seu sono e sua tranquilidade. Especialmente ao lado da sua cama, o ideal é que não haja muitos elementos.

Portanto, vale deixar a decoração mais personalizada para prateleiras ou até para outro cômodo, como a sala de estar. Um ambiente visualmente limpo e organizado é perfeito para garantir a sensação de conforto e amplitude.

3. Aproveite os espaços de forma inteligente

Como mencionei lá em cima, os espaços embaixo da cama ou em cima dos armários devem ser usados com cautela. Mas se você definir o que será armazenado neles e não fugir dessa lista, eles são ótimos aliados. Então, esse é mais um segredo precioso de como organizar o quarto reduzido.

Vale ter em mente que esses espaços não podem se tornar o local de abrigo de itens indesejados (o que favorece a concentração de objetos).

Além disso, também é importante ter em mente outro detalhe: é preciso limpar e tirar o pó das caixas ou itens com frequência quando estão embaixo da cama ou sobre os armários, afinal, há acúmulo de poeira nesses locais.

Então, se optar por usar esses espaços para armazenamento, evite incluir ali itens muito sensíveis. Prefira deixar itens maiores e fáceis de limpar.

Já sobre os guarda-roupas, vale pensar nas malas de viagem e caixas. Mas sempre cuide para que elas não deixem a impressão de ambiente “entulhado”.

4. Móveis funcionais são aliados

Em vez de optar por prateleiras, que podem prejudicar a funcionalidade do ambiente e até comprometer a passagem, faça opções mais estratégicas para organizar seu quarto.

Se você ainda estiver montando sua casa e, por isso, pensando nos móveis, uma dica é escolher um mobiliário funcional.

Dessa forma, camas e pufes com baú são escolhas interessantes para quem tem pouco espaço e precisa armazená-los sem comprometer o espaço do guarda-roupa. E além de manter tudo no lugar, esses móveis têm outras funcionalidades, o que é ótimo para quem vive em espaços menores.

Gostou das dicas sobre como organizar o quarto de acordo com as características e utilidades desse cômodo?

Então, acompanhe meu blog e redes sociais. Você vai ficar por dentro de mais conteúdos como esses, que abordam a organização da sua casa de uma maneira funcional e descomplicada. Vai ser um prazer receber você!